Cecilia Zino

A Fundação Cecília Zino, constituída em Maio de 1961, é uma pessoa coletiva de direito privado, dotada de personalidade jurídica e sem fins lucrativos.

A utilidade pública da Fundação Cecília Zino foi reconhecida em território nacional por Declaração publicada por Despacho ministerial de 21 de maio de 1961, publicado no Diário de Governo n º 128, III série de 30 de Maio de 1961.

A Fundação foi instituída para cumprir a vontade manifestada por Dona Cecília Rose Zino, de criar, na Ilha da Madeira, um Hospital Pediátrico dedicado às crianças pobres da região.

Até à abertura do Hospital Central do Funchal (Hospital Dr. Nélio Mendonça) em 1973, esta era, na Ilha da Madeira, a única unidade hospitalar especializada. Desempenhou um importantíssimo papel no tratamento do ultimo surto de poliomielite detetado em Portugal (Março a Julho de 1972).

A missão de cuidar das crianças está confiada a uma Congregação Religiosa, as Irmãs Dominicanas da Congregação de Santa Catarina de Sena, missão que têm cumprido desde o seu início em 1963. 

Com a alteração do regime politico em Abril de 1974 e com a criação da Região Autónoma da Madeira, assistiu-se a uma melhoria significativa das condições de assistência médica e hospitalar na Região, pelo que foi possível transformar o antigo Hospital num centro de proteção e assistência a crianças e jovens necessitados.

Sediada na Rua Velha da Ajuda, número 8, na Freguesia de São Martinho, concelho do Funchal, a Fundação Cecília Zino acolhe crianças retiradas de suas famílias por motivos que impedem o seu normal crescimento e segurança.